Outras versões

Interpretações diferentes para a mesma música

0 notes &

Geni e o Zepelim

Chico Buarque compôs a música para a peça Ópera do Malandro, de 1978. Ele mesmo gravou no disco que foi trilha da peça, que teve Emiliano Queiroz no papel de Geni.

Em seu álbum de estreia, Summertime, de 1981, Cida Moreira gravou uma versão em que canta o trecho originalmente escrito por Chico e que teve que ser modificado na primeira gravação por conta da censura.

foi assim desde menina/ das lésbicas concubina/ do pederastas, amásio/ é a rainha dos detentos/ das loucas, dos lazarentos/ dos moleques do ginásio

Em 2003, a dupla Claudio Botelho e Charles Möeller levou aos palcos do Rio e de São Paulo (e de Lisboa também) uma montagem nível Broadway da peça do Chico. Para interpretar o papel de Geni o barítono Sandro Christopher foi escalado, mas por problemas cardíacos precisou ser substituído, às pressas, por Thelmo Fernandes. Depois de sua recuperação, os dois se alternaram no papel. Na gravação que virou CD, Sandro interpreta a música.

A cantora goiana Maria Eugênia gravou uma versão da música no seu DVD Maria Eugênia: Ao Vivo, de 2005.

Em 2009, no Quebra-cabeça elétrico, Oswaldo Montenegro fez uma inspirada versão.

Encontrei no Youtube uma gravação que vale ser postada com imagem! Letícia Sabatella, num show de Carlos Careqa no Sesc Osasco desse anos mesmo, faz uma interpretação bem diferente da música. Vale a pena!

Conhece outras versões? Conta aí!

Filed under Chico Buarque Cida Moreira Sandro Cristopher Claudio Botelho Charles Möeller maria eugênia Oswaldo Montenegro Letícia Sabatella Carlos Careqa